domingo, 20 de março de 2011

Eu quero um amor I


Eu quero um amor que me de arrepios
Que me deixe louca de ciúmes
E que me leve ao desespero.
Quero poder encontrá-lo em cada momento
Para pode dedicá-lo todo meu amor.
Quero que seja inexplicável
Mas que seja simples
Deseje que dure, não muito,
Mas que seja o suficiente para me fazer sentir saudades.
Quero senti-lo perto a todo instante.
Quero conhecê-lo a ponto de reconhecê-lo
Em meio a perfumes diversos.
Seu cheiro será como um vicio
E seu beijo como um veneno
Seu amor será minha vida
E eu serei seu sustento.

 08. 10. 09

3 comentários:

Egrinaldo disse...

Belo...
Muito lindo memso...

Teacher Rosimere B. Diniz disse...

Kramaba Nagi, perfeito, parecea que você colocou aqui o que eu sinto por meu amor, que lindo!
Parabéns!

Natanael Henrique disse...

Nossa, muito interessante a maneira que você escreve! Eu também sou um "poeta do amor" minha principal inspiração é o amor em si, nada mais complexo e ao mesmo tempo simples como ele e você consegue decifrar algumas lacunas preenchidas por ele parabéns!